Porque não usamos chapéus como antigamente?

É engraçado, mas esta pergunta é frequentemente feita por clientes que compram nossos chapéus e frequentam a chapelaria.

Não tem um motivo apenas, mas sim, um contexto com várias situações que explicam isto.

Pessoas usando chapéu em NY

Antes de tudo, é importante entender que o chapéu saiu de uma peça de uso diário do guarda roupas de muita gente, até a década de 60 e passou a ser um item de composição para looks mais sofisticados ou ocasiões especiais, como casamento em alguns países, festas country, eventos sociais etc.

Para entendermos, porque não usamos chapéus com tanta frequência como por exemplo na foto acima, temos que compreender o que foi o século XX, onde o acessório viveu seu auge, entre as décadas 20 e 50 e teve o declínio do uso a partir da década de 60.

Certamente, um dos adventos que reduziu o uso do chapéu, foi o crescimento do uso de carros, afinal...já imaginou um senhor dirigindo um carro dos dias de hoje com sua cartola na cabeça? Note que os primeiros veículos que surgiram, tinham tetos mais altos e contemplavam esta possibilidade, é muito comum ver filmes da máfia de Al Capone com vários gangsters usando chapéus dentro de veículos.

Mafiosos de chapéus

Tente fazer isto com um veículo atual, na grande maioria deles, não existe espaço entre sua cabeça e o teto do carro.

O ritmo das grandes cidades também é outro fator que contribuiu para esta mudança no uso dos chapéus, a velocidade da cidade e as necessidades de deslocamento, dificultaram o uso do acessório.

Esta mudança de ritmo influenciou várias áreas do nosso dia-a-dia, na alimentação por exemplo, surgiram as cadeias de fast food para atender quem precisava se alimentar rápido e voltar para o trabalho. No vestuário, a mudança mais notável foi a redução no uso do chapéu.

A própria moda ficou mais acelerada, estilos de roupas que duravam gerações ficaram com vida útil mais curta e começaram a durar apenas décadas e hoje nem isto. A necessidade de novos lançamentos e o sentimento de que tudo é efêmero, contribuíram para que o chapéu fosse assumindo um outro lugar na moda.

E então, diante destas mudanças, qual é o lugar do chapéu hoje na nossa sociedade?

Certamente, um lugar especial.

Pelo fato de ser um acessório com tanta história, os chapéus existem em vários modelos e formatos, agradando diversos gostos.

Existem hoje os fãs do acessório e os saudosistas, pois o chapéu virou símbolo de uma época em que a vida não era tão corrida e que deixou saudades.

chapeu feminino floppy

Alem disto, a diversidade do acessório o faz presente em festas temáticas, como é o caso do chapéu country e para ocasiões especiais como no caso dos chapéus sociais. Hoje é grande também o público fashionista que adota estilos como o chapéu pork pie ou mesmo o floppy. A verdade, é que mesmo aqueles que não tem o hábito de usar chapéu, admiram os looks com chapéu e o acessório nunca deixou de ser um charme.

Hoje portanto, além de ser uma peça do vestuário, o chapéu é uma forma de se diferenciar da multidão.

E então, se você não tem um chapéu, convidamos a conhecer o seu estilo navegando em nosso site, certamente, um deles te agradará.

Até o proximo post!)